{ momento }

Um ritual das 6ºfeiras. Uma fotografia – sem palavras – capturando um momento da semana. Um momento simples, especial e extraordinário. Um momento que quero congelar, saborear e recordar.

***

Se se sentirem inspirados deixem o link do vosso { momento } nos comentários do blog!

***

momento15-4-3

:: inspirado em SouleMama :: 

O que se cozinha por aqui: Pão de Grão e Pão Chato

Nota: Este post estava já em rascunho faz quase 2 anos, ora por falta de tempo, ora porque as fotos desapareceram entre as centenas que não estavam estão organizadas… coof coof! Mas como no outro dia encontrei as fotos do pão (de péssima qualidade, aviso! Era de noite, a luz era terrível e a fome muita!), decidi partilhar. 

Há aqueles dias em que apetece comida fresca e viva, outras em que apetece algo quentinho, saidinho do forno. Estas foram umas dessas ocasiões! Apetecia-me pão e não tinha. Apetecia-me pão-tipo-já! e não tinha. Então, esquecemos o forno e agarramos na frigideira!

Andava fazia tempo a fazer olhinhos com uma receita de Pão de Farinha de Grão que tenho aqui num livro de receitas indianas. Isto porque tinha imensa farinha de grão que precisava de escoar. Assim, rendi-me uma vez mais aos pães de frigideira.

Pão de Farinha de Grão

(adaptado de Cocina India, Col. Recetas Sabrosas, Parragon Books Ldta)

100 gr farinha integral de trigo (ou farinha para chapati)

75 gr farinha de grão

1/2 cc sal

1 cebola pequena picadinha

Coentro fresco picadinho

2 cs ghee (ou para versão vegan, óleo de girassol)

150 ml de água (creio que talvez um pouco menos, pelo que juntem aos pouquinhos e amassem)

A receita original pede também por 2 chilis verdes pequenos picadinhos, mas eu não coloquei pois preferi uma versão segura para o pequenote – e com isto quero dizer: uma versão que ele coma sem pestanejar.

 

1. Colocar as farinha numa taça e misturar o sal.

2. Misture a cebola e os coentros (e os chilis) picadinhos com as farinhas.

3. Vá misturando a água, remexendo até formar uma massa suave. Tape com um pano húmedo e deixe repousar por 15m.

4. Amasse durante 5 minutos e depois divida a massa em 8 bolinhas iguais.

5. Estenda a massa com um rolo sobre uma superfície enfarinhada, formando círculos de cerca 18cm de diametro (apenas a título de referência pois muita sorte temos nós que, sem prática, saia qualquer coisa oval…)

6. Numa frigideira oleada, cozinhe uma a uma em fogo médio. Dê-lhes a volta 3x e de cada vez pincele cada lado com o ghee (ou óleo).

7. Servir quente. (Para os manter quentes uso o mesmo método que com as panquecas: vou empilhando-os num prato e guardo dentro do forno ou da cloche).

pão de grão

Simples, verdade? E deliciosos!!! Garantido! Nós acompanhámos uma sopinha de creme de feijão com arroz! Mnhamm!

*

Esta outra receita é mais simples e feita com meia dúzia de ingredientes. Eu fiz com uma mistura de farinha de trigo integral e de espelta. Maravilha!

Pão Chato (à laia de tradução de Flatbread)

3 x farinha

2 cc fermento

1 1/2 cc sal

3 cs azeite

1 x água gelada

2-3 cs azeite para a frigideira (eu não usei já que utilizei uma frigideira de cerâmica)

 

1. Misturar a farinha, o sal e o fermento numa taça.

2. Juntar o azeite e a água gelada e misturar até obter uma massa suave, húmeda mas não pegajosa. Para isso, ajustar a água e a farinha se for necessário. Tapar com film ou um saco de plástico e deixar repousar por 10m.

3. Pré-aquecer a frigideira, juntando 1 cs azeite.

4. Dividir a massa em 10-12 bolinhas iguais, mais ou menos do tamanho de um ovo. Polvilhar com farinha e achatar a bolinha entre as mãos. (Também podem usar o rolo, mas, para as mamãs mais práticas, é bem mais rápido usar as mãos. Pequenotes tendem a preferir com o rolo… )

5. Fritar (ou não, se não usarem óleo) os pães chatos por 2-3m ou até dourados. Virar e deixar dourar do outro lado.

6. Comer! Muito!

pão chato

É óptimo para molhar na sopa e com hummus! E em sanduíche! Pois claro!

{ gratidão }

{ pequenas grandes gratidões às 2ºfeiras }

***

Passaram-se 16 meses desde a última { gratidão }?!? Mais de um ano?!? De verdade?!? Bom, imagino que é o que acontece com tantas mudanças! A isso junta-se uma conexão de internet imprevisível (e francamente 99% das vezes sem funcionar de todo), e temos este resultado: zero de actividade no blog! :) Mas então, que andámos nós a fazer neste último ano e meio? Agora que penso, parece surpreendentemente pouco… e ao mesmo tempo, incrivelmente muito! E por isso estou muito grata! Mas isso será tema para outro post. Prossigamos, então, com as minhas gratidões!

***

gratidão 2015-03-30

Hoje estou grata por:

:: os meus passos me terem guiado até a estas terras do sul onde fomos tão bem acolhidos.

:: a possibilidade do Ki poder frequentar um jardim de infância waldorf e todo o crescimento e nutrição que isso nos traz enquanto família.

:: a chegada da primavera e com ela aquela lucidez ao contemplar o caminho percorrido – todas as tristezas e alegrias, todas as frustrações e conquistas, todas as lágrimas e sorrisos – , percebendo a benção de cada um desses momentos, e como, com o coração cheio de coragem, amor e esperança, olhamos em frente e para os passos que daremos a seguir.

:: uma pen de internet emprestada que deu finalmente um boost de motivação ao meu pc para usar de forma eficaz a nossa própria internet. Vá-se lá perceber estas coisas!

:: voltar a este espaço de partilha, que espero que seja com bastante assiduidade a partir de agora. Que maravilha!!!

:: hmmm, já mencionei a chegada da primavera?!?

E vocês, que agradecem hoje?

:: inspirado em Snatam Kaur’s Gratitude Monday no Spirit Voyage:: 

 

{ momento }

~ Que bom estar de volta! <3 ~

Um ritual das 6ºfeiras. Uma fotografia – sem palavras – capturando um momento da semana. Um momento simples, especial e extraordinário. Um momento que quero congelar, saborear e recordar.

***

que os meus pés sejam as minhas raízes

Se se sentirem inspirados deixem o link do vosso { momento } nos comentários do blog!

***

:: inspirado em SouleMama :: 

Aulas Abertas em LAGOS

 

Sat Nam!

É com muita alegria que vos convido para 3 aulas abertas em Lagos!

Aqui ficam as datas:

 

21 de Junho – em celebração do Solstício de Verão *

:: 10h30 – Vale da Lama, Lagos

:: 18h – InLight, Lagos

 

7 de Julho

:: 19h30 – InLight, Lagos

 

Sejam todos muito bem-vindos! Lá vos espero! <3

 

* Vejam toda a programação em InLight Lagos.